top of page
  • Minha Amiga Me Disse

O que são puns vaginais ?

Vamos falar sobre um assunto que pode ser um pouco constrangedor, mas é super normal: os puns vaginais.


Sim, aqueles barulhinhos que acontecem durante o sexo e que podem deixar todo mundo sem graça. Vamos explicar por que isso acontece e como você pode lidar com eles.


Imagem de uma vulva com um personagem com olhinhos e boquinha soltando um ar pela vagina

Todo mundo que tem vulva pode passar por isso...


Navegue pelos conteúdos


O que são Puns Vaginais?


Os puns vaginais, também conhecidos como "queefs", são sons que ocorrem quando o ar é expulso da vagina durante a relação sexual. Embora pareçam com peidos, eles não têm cheiro nenhum – é só um barulho.


Isso acontece porque, durante a penetração, a vagina se ajusta ao pênis, criando um tipo de vácuo que pode acabar "sugando" um pouco de ar, mesmo depois desse "abraço" pode entrar mais ar.


E como tudo que entra tem que sair, quando esse ar sai, faz aquele barulhinho.

Por que isso Acontece?


  1. Ajuste da Vagina: Durante a penetração, a vagina se ajusta ao tamanho do pênis, o que pode criar um vácuo. Esse ajuste é natural e ajuda a minimizar a entrada de ar.

  2. Posições Sexuais: Algumas posições sexuais facilitam a entrada de ar na vagina. Mudanças frequentes de posição também podem fazer com que mais ar entre.

  3. Enfraquecimento do Assoalho Pélvico: Se os puns vaginais acontecem com muita frequência e você sente pouca penetração, isso pode ser um sinal de assoalho pélvico enfraquecido. Os músculos do assoalho pélvico são importantes para suportar os órgãos pélvicos e manter o controle durante o sexo.


Como Evitar os Puns Vaginais?


  1. Exercícios de Kegel: Fortalecer o assoalho pélvico com exercícios de Kegel, ou pompoarismo, pode ajudar a reduzir os puns vaginais. Esses exercícios são simples e podem ser feitos em qualquer momento do dia. Estudos mostram que os exercícios de Kegel são eficazes para fortalecer os músculos do assoalho pélvico e melhorar a função sexual (Pelvic Floor Disorders Network, 2013).

  2. Escolha de Posições: Algumas posições sexuais são menos propensas a causar a entrada de ar. Posições onde há menos movimento de entrada e saída podem ajudar a evitar o problema.

  3. Mudanças Gradativas: Evitar mudanças bruscas de posição durante o sexo pode reduzir a entrada de ar na vagina.


Posições para não ter puns vaginais


Se seu problema é enfraquecimento pélvico e isso é um incômodo para você, essas posições vão te ajudar até que os exercícios comecem a surtir efeito, ok?




Todas as posições em que o ritmo da penetração seja menos intenso são boas para evitar a entrada demasiada de ar.



Dicas Adicionais


  • Movimentos Lentos e Contínuos: Evitar movimentos rápidos e repetitivos de entrada e saída pode ajudar a reduzir a entrada de ar.

  • Mudanças Gradativas de Posição: Quando mudar de posição, fazê-lo lentamente para evitar que grandes quantidades de ar entrem na vagina.


Lembre-se, não há motivo para vergonha! Os puns vaginais são normais e podem acontecer com qualquer pessoa.


Referências Científicas

  • Pelvic Floor Disorders Network. (2013). "Effectiveness of pelvic floor muscle training for pelvic floor dysfunctions." International Urogynecology Journal, 24(1), 159-165.


Comments


bottom of page